sábado, 16 de maio de 2009

Estudo Indica Que Algumas Crianças Podem Deixar o Autismo

Taxa de recuperação, depois de anos de terapia, seria de 10% a 20%; melhora ocorreria por volta dos 9 anos

WASHINGTON - Um estudo realizado em pequena escala sugere que pelo menos 10% das crianças com autismo superam o distúrbio por volta dos 9 anos de idade - a maioria, depois de anos de intensa terapia comportamental.

Céticos questionam o fenômeno, mas a psicóloga Deborah Fein, da Universidade de Connecticut, é um dos cientistas convencidos de que o fenômeno é real.

 


Ela apresentou a pesquisa, feita com 58 crianças, nesta semana numa conferência sobre autismo realizada em Chicago (EUA). Dessas crianças, 20 haviam, segundo análise rigorosa, sido corretamente diagnosticadas como autistas, mas anos mais tarde não eram mais consideradas portadoras do distúrbio.

 

Entre elas estava Leo Lytel, um menino que não olhava os outros no olhos, repetia as palavras que lhe eram ditas e girava em círculos - todos sintomas clássicos do autismo. Agora, ele é um sociável aluno da terceira série. O estudo, financiado pelo governo americano, envolve jovens dos 9 aos 18 anos.

A pesquisadora Geraldine Dawson, cientista-chefe do grupo Autism Speaks (Autismo Fala) disse que a pesquisa é um importante avanço.

 

Estudos anteriores haviam indicado que de 3% a 25% dos autistas se recuperam. Os novos dados indicam que a taxa é de 10% a 20%. Mas, mesmo depois de muita terapia, a maioria das crianças autistas permanecem autistas.

 

A recuperação "não é uma expectativa realista para a maioria dos jovens", mas os pais devem saber que isso pode acontecer, disse Deborah, cujo estudo ainda se encontra em andamento.

 

Críticos da hipótese da recuperação sugerem que ou as crianças estudadas não eram realmente autistas e houve um erro de diagnóstico.

 

Fonte:


2 comentários:

SAKAKI disse...

Olá ^^
me chamo Sakaki Priscila, nasci com um autismo leve chamado Sindrome de Asperger ...sei o quanto você luta pelo seu filho para que ele se dê bem pelo mundo aí fora, minha mãe deu o máximo e o impossivél para minha recuperação...não é facíl, mas é uma batalha que deve ser lutada^^... quero dizer que você é uma guerreira, uma pessoa admiravél...muitos não fazem o que você faz!!!
Não desista nunca! Há recuperação sim! Eu sou prova disso !!!!
Hoje tenho 18 anos...eu estou 90 % recuperada! Milagres existem sim !!!
Tenha fé em Deus e lute pelo seu filho...ele deve te amar muito ^^

Abraços

Felipe Mascarenhas disse...

Sakaki,
Estamos muito felizes e emocionados com seu relato!!! Voce nos inspira inda mais a continuar semrpe lutando pelo bem do Alexandre!!!
Desejamos 100% pra vc!!! e um forte abraço... e continue a nos visitar..